Login | SITEMAP | FAQS

Science & Society | News | Cristina Cunha é a primeira portuguesa a vencer bolsa internacional da GILEAD

Cristina Cunha é a primeira portuguesa a vencer bolsa internacional da GILEAD

A investigadora da Escola de Medicina da Universidade do Minho foi distinguida pelo GILEAD Research Scholars Program na área dos antifúngicos, com um projeto de investigação focado no papel do itaconato na resposta do sistema imunitário à aspergilose pulmonar invasiva, uma doença responsável pela morte de mais de 100 mil pessoas por ano em todo o mundo.

É a primeira vez que um cientista português vence esta bolsa internacional, num valor que ascende a 100 mil euros atribuído ao projeto de Cristina Cunha e da equipa de investigadores do ICVS, centro de investigação biomédica da Escola de Medicina. O programa da GILEAD teve 81 projetos candidatos de todo o mundo a esta bolsa internacional.

“As infeções fúngicas oportunistas são um problema cada vez maior na nossa sociedade, tendo em conta o número crescente de doentes imunocomprometidos. Se pensarmos que as taxas de mortalidade associadas a esta infeções são atualmente superiores a 30%,torna-se ainda mais relevante fazer investigação nesta área na tentativa de identificar alternativas terapêuticas”, realça Cristina Cunha.

O projeto liderado pela investigadora minhota centra-se no papel do itaconato, um metabolito “na moda” cujo défice pode influenciar a resposta imunitária contra determinados agentes infeciosos – como é o caso do fungo responsável pela aspergilose. “Nós já tínhamos recolhido dados que permitem perceber que, em determinados indivíduos devido a uma alteração genética de base, algumas células do seu sistema imunitário, nomeadamente os macrófagos, apresentam uma deficiência na produção de itaconato, e têm uma incapacidade em eliminar o fungo. Por esse motivo, doentes portadores destas mutações são mais suscetíveis ao desenvolvimento da aspergilose pulmonar invasiva”.

“A maior parte dos mecanismos de ação do itaconato é transversal a outras doenças respiratórias e até de outro foro. Ou seja, tudo o que descobrirmos focado nesta doença pode vir a ter aplicabilidade noutros campos do conhecimento”, explica Cristina Cunha.

 

Sobre o GILEAD Research Scholars Program

O Gilead Research Scholars Program é uma iniciativa global da Gilead Sciences cujo objetivo é apoiar a investigação científica levada a cabo por investigadores emergentes que trabalham diariamente para promover o conhecimento científico em áreas de necessidades médicas não atendidas contribuindo para melhorar a vida de doentes em todo o mundo.

Cada uma das áreas do Gilead Research Scholars Program é acompanhada por um Comitê Científico independente, composto por especialistas nas suas áreas que selecionam os melhores projetos submetidos. O programa da área das Infeções Fúngicas apoia a investigação básica e clínica neste campo, incluindo biologia fúngica, micologia médica e outra investigação translacional relacionada com as doenças fúngicas.

Sobre a Aspergilose Pulmonar Invasiva

A aspergilose pulmonar invasiva é uma doença respiratória oportunista com uma elevada taxa de mortalidade que afeta mais de 300 mil pessoas no mundo, contribuindo para mais de 100 mil mortes anuais em resultado desta infeção fúngica.

É uma doença caracterizada por dificuldades respiratórias graves, infeções rapidamente invasivas e difíceis de diagnosticar, e que, sem tratamento rápido e adequado, pode ser fatal.


Copyright © 2012-2016 ICVS. All rights reserved.